EXPOSIÇÃO VIRTUAL “MÚSICA E CÉREBRO: A COMBINAÇÃO PERFEITA”

A música acompanha o homem desde os primórdios dos tempos. No entanto, apenas a partir dos anos 1990, com o advento das imagens cerebrais, que foi possível entender seus efeitos no cérebro. O público terá a oportunidade de saber mais sobre essa relação na exposição virtual “Música e Cérebro: a combinação perfeita”, realizada pela Aliança Francesa dentro da programação da Festa da Francofonia. A mostra estará disponível a partir do dia 26 de março através do site https://aliancafrancesabh.com.br/exposicoes/.

A mostra foi concebida pelo Palais de la découverte (Palácio da Descoberta) e pela Cité des Sciences’ et de l’Industrie (Cidade das Ciências e da Indústria), um espaço Universcience, a partir das pesquisas realizadas por Alexandra Pihen e exibe textos e imagens.

 O aperfeiçoamento das técnicas de neuroimagem permitiu, nos últimos vinte anos, estudar os mecanismos da neuroplasticidade associados à aprendizagem da música. E os resultados não deixam margem para dúvidas: ouvir e tocar música influencia todas as funções cognitivas, e a estrutura do cérebro é permanentemente modificada.

A exposição, por meio de imagens e textos, apresenta ao público exatamente esses efeitos e transformações. São abordados, por exemplo, como o cérebro se manifesta ao escutar músicas e como ocorre uma “sinfonia neural” e como a prática musical gera a estimulação mais completa no cérebro. 

A partir da pesquisa realizada foi possível também se aprofundar em assuntos como emoção musical, memória dedicada especialmente à música, como a genética influencia na habilidade com sons, como é o cérebro de pessoas que não têm o costume de ouvir músicas e até se os animais são capazes de ser influenciados pelos ritmos.

Para concluir a exposição, é levantado o debate se a música é universal e sua capacidade de reparação cerebral, inclusive no caso de bebês prematuros.

Balada para um cérebro musical – Um filme escrito e realizado por Ester Pineda.   

Ester Pineda, pianista, pedagoga e pesquisadora, se interessa pelos meandros da atividade cerebral ao explorar as representações mentais do pianista. 

Agradecimentos especiais a Ester Pineda pela cessão dos diretos do filme.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s